Um país baseado em prioridades? Ou a gente não somos mais inútil?

É sábado! Aleluia! Enquanto começo a escrever essa coluna, uma turma que adora o Hamas e o Estado Islâmico “en marche” toma a Avenida Paulista para pedir a liberação da tal erva (carregando um cartaz com Jesus Cristo fumando um Beck), e é claro, pedem também o fim da Polícia Militar. É domingo, e no Estádio do Pacaembu…

Brasil: Mundo véio sem porteira ou a casa da mãe Joana?

É uma honra ter sido convidada a escrever para esse blog ao lado de figuras que admiro e compartilho a jornada como: Rosangela Bolze, Raphael Panichi, Rodrigo Moller, entre tantos ótimos. E se está lendo essa matéria, eu também gostaria de agradecê-lo, porque ou você aprecia a política, ou de alguma forma é meu amigo…